Posts Tagged 'Oz: Mágico e Poderoso Crítica'

Oz: Mágico e Poderoso (Oz the Great and Powerful)

Oz: Mágico e Poderoso, de Sam Raimi,
traz um mundo visualmente hipnótico

Com uma bela introdução à la O Mágico de Oz, inicia-se Oz: Mágico e Poderoso (Oz the Great and Powerful, 2013), que estreia nesta sexta-feira em todo o país em versões 2D e 3D – esta, espetacular. Mas o que, realmente, inebria no novo filme do diretor Sam Raimi é o universo que seu protagonista encontra lá pelos quinze minutos de projeção.

Oscar (James Franco) é um ilusionista charlatão que ganha a vida enganando um modesto público num espetáculo circense fuleiro. Sonha, porém, em se tornar um grande mágico, capaz de realizar grandes feitos. No meio de uma tempestade, é transportado num balão para a Terra de Oz. Quando chega lá, descobre – junto com o espectador – um mundo hipnotizante, de cores fortes, criaturas exóticas e paisagens idílicas.

Encontra também uma bruxa que se diz cheia de boas intenções, a bela Theodora (Mila Kunis). Tão boas quanto as de sua irmã Evanora (Rachel Weisz), outra feiticeira, que lança uma missão ao jovem mágico: matar a bruxa má que assombra a Terra de Oz. Em troca disso, Oscar ocupará o trono do local e terá riquezas vitalícias. Nem tudo, entretanto, é o que parece nesse acordo: Glinda (Michelle Williams, a melhor do ótimo elenco), a tal criatura maléfica, não passa de uma guardiã do lugar; e Oscar, que ninguém ouse saber, não passa de um impostor egocêntrico e interesseiro.

Vivaz e deslumbrante, Oz é um filme para ver duas vezes. Na primeira, com os olhos: depois de levado pelo furacão, cada novo plano é uma descoberta ao protagonista e ao público – são câmeras que exploram sem medo a vasta localidade, efeitos especiais dos mais bem acabados e uma direção de arte de tirar o fôlego. Na segunda vez, com o coração: pelo caminho, Oscar vai levar consigo ajudantes cruciais no desenrolar da história, um macaquinho alado (que se torna sua consciência) e uma boneca de porcelana – duas preciosidades da computação gráfica e da concepção de personagens.

Adaptado de um dos livros da série escrita pelo americano L. Frank Baum, Oz: Mágico e Poderoso pode decepcionar quem procura por um leão covarde, um espantalho sem cérebro e um homem de lata enferrujado. E aqueles que esperam ser atingidos por melodias cativantes, então, ficarão frustrados.

O grande poder do filme se revela no mundo recriado por Raimi, e também na desconstrução de seu protagonista. O percurso é verdadeiramente notável. Tanto que Oscar, depois de por ele passar, aprende que melhor do que ser um mago poderoso é ser um homem bom – e que os frutos provindos desse estado de espírito são muito mais compensadores.

Angelo Capontes Jr.


Categorias

RSS Sintoniza

  • Jeff Bridges no 2º trailer de O Sétimo Filho
    Universal Pictures divulga o segundo trailer e um novo pôster de O Sétimo Filho. Na trama o Mestre Gregory não é mais jovem e suas tentativas de treinar um sucessor foram todas mau sucedidas. Sua última esperança é um jovem chamado Thomas Ward. Seu primeiro desafio será enfrentar a Mãe Malkin, uma terrível e poderosa bruxa […]
  • Steve Carell estrela terceiro trailer de Foxcatcher
    Sony Pictures Classics divulga terceiro trailer de Foxcatcher mostrando um alucinado Steve Carell. A trama é baseada na cinebiografia de John E. du Pont, o herdeiro paranoico e esquizofrênico que depois de construir um centro de treinamento de luta livre na Pensilvânia, atirou e matou o medalhista olímpico David Schultz. Da uma olhada. Direção de Bennett Mil […]
  • Clipe e capas da EW de The Walking Dead
    AMC divulga clipe de The Walking Dead, mostrando Tyreese tentando descobrir uma maneira de escapar de uma multidão de walkers. Além de capas da EW estreladas por Andrew Lincoln (Rick Grimes), Norman Reedus (Darryl Dixon), Steven Yeun (Glenn Rhee), Lauren Cohan (Maggie Greene) e Danai Gurira (Michonne). Da uma olhada. O retorno de The Walking Dead acontece no […]

RSS Veja Cinema

  • Os Mercenários 3
    Isabela Boscov fala sobre “Os Mercenários 3″, dirigido por Patrick Hughes. Não só de fortões do cinema de ação sobrevive o novo filme da franquia: Mel Gibson, ótimo no papel, dá convicção a um longa que não merece convicção nenhuma.
    fmonteclaro
  • Malévola
    Isabela Boscov fala sobre ‘Malévola’, de Robert Stromberg. O novo filme conta a clássica história de A Bela Adormecida do ponto de vista da vilã, vivida por Angelina Jolie. Com: Angelina Jolie, Elle Fanning e Sharlto Copley.
    rhoshino
  • Godzilla
    Isabela Boscov fala sobre “Godzilla”, dirigido por Gareth Edwards. Ford Brody (Aaron Taylor-Johnson) é soldado do exército e precisa lutar para salvar a população mundial do gigantesco monstro. Renascimento de Godzilla, da Toho, com Elizabeth Olsen, Bryan Cranston, Aaron Taylor-Johnson e Juliette Binoche.
    rhoshino
Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.